Sexo

5 strippers revelam as coisas mais malucas que viram no clube

Strippers revelam o que acontece nos clubes de stripParceiro

Por Rose Burke

Os dançarinos têm sido um aspecto vital de despedidas de solteiro aparentemente desde que o primeiro casal decidiu dar um passeio pelo corredor.

Mas são esses clientes regulares que tendemos a esquecer que fazem essas mulheres confessar alguns dos aspectos mais ridículos do que acontece nos clubes de strip.



São os clientes que passam diariamente na discoteca para tomar uma bebida depois do trabalho, os que têm os seus bailarinos favoritos e memorizam os seus horários de espectáculos e, principalmente, os que gostam de pagar um pouco mais por aquela volta infame onde levam as coisas um pouco longe , que irritam esses dançarinos muito mais do que o típico garoto de fraternidade que chega soltando os solteiros a seus pés.

RELACIONADO: O que strippers conseguem sobre os homens que suas esposas não entendem

Se esses homens estão sendo assustadores ou simplesmente grosseiros, suas ações inspiraram essas dançarinas a revelar algumas das pessoas mais loucas que encontraram durante suas carreiras como strippers, e certamente não é bonito.

Eles estão chamando os homens por seus hábitos irritantes, fetiches , comentários inadequados e até mesmo alguns pedidos não tão normais.

Depois de ler suas confissões, você definitivamente concordará que os dançarinos devem ter alguma pele seriamente grossa se essas são algumas das coisas com as quais eles têm que lidar no trabalho.

o que significa quando suas luzes piscam

1. Ele administrou as placas do carro dela

'Ex-stripper aqui, os clientes que eu odiava eram os que ficavam obsessivos. Eu tinha um cara que passava pela minha casa (ele passou os números das minhas etiquetas, não tenho ideia de como).

Este homem, que tinha cerca de 70 anos, me dizia quais carros eu tinha em minha casa, quando eu aparava minha grama, etc. Eu tive que dizer repetidamente a ele para me deixar em paz. Após cerca de 5 anos, ele finalmente o fez. Havia alguns outros também, não tão ruins, mas eles apareciam com flores e presentes. '

Homens que são considerados regulares em clubes de strip muitas vezes sentem que as mulheres que contratam para dançar para eles são suas amigas e, com o tempo, podem até começar a pensar que estão envolvidos em algum tipo de relacionamento romântico com eles.

Esse tipo de cliente obsessivo não é apenas irritante para os dançarinos, mas pode fazer com que se sintam ameaçados.

Embora uma pessoa de 70 anos apaixonada por uma jovem stripper possa parecer adorável, uma obsessão de cinco anos certamente não é. É provável que sua paixão não tenha acabado tanto quanto o cara provavelmente morreu.

2. Ele pediu para cheirá-la

- Havia um cara que gostava de cheirar bundas. Nós vamos para uma sala privada e ele diz, ‘Eu tenho esse fetiche estranho. Eu vou te dar muito dinheiro por isso. 'Eu estava tipo,' O que é isso? 'E ele estava tipo,' Eu gosto de cheirar mulheres. '

É provável que a maioria dos dançarinos tenha ouvido algumas histórias bem selvagens e fetiches ao longo de suas carreiras, mas este tem que superar todos eles.

Não só é muito nojento, mas também é hilariante e estranho e não tão incomum.

citações de solteiros engraçadas

O fato de um clube de strip onde mulheres são contratadas para dançar é visto como um lugar para os homens revelarem seus fetiches e tentarem encontrar uma mulher que eles possam pagar para realizá-los é meio estranho.

É quase como ir a um restaurante italiano e oferecer à garçonete mais dinheiro se ela lhe trouxer um grande caramel macchiato da Starbucks.

RELACIONADO: Como - e por que - eu testei meu marido à prova de stripper

personalidade de olhos de sanpaku

3. Ele procurou fiapos entre os dedos dos pés

“Então, eu tinha um cliente regular que, em vez de dançar no colo, apenas procurava fiapos entre meus dedos. É isso.

Nada realmente sexual (exceto por seu fetiche), apenas procuraria com muito cuidado por fiapos entre meus dedos.

Se uma música acabasse e ele não parasse de olhar, ele pagaria por mais bailes.

Ele estava no clube uma vez por semana ou mais, e ele era meu regular porque ele realmente assustava algumas das outras garotas, mas eu o conheci e ele era um cara muito legal, e ele dava muito boas gorjetas.

Um dia, coloquei um fiapo entre meus dedos para ele encontrar ... Ele me deu uma gorjeta de US $ 100 (o que eu acho que estava apenas me dando todo o dinheiro que ele tinha sobrado e planejado gastar naquela noite) e foi embora. '

Embora o pedido desse cara pareça mais estranho do que irritante, os outros dançarinos claramente se sentiram de forma diferente.

Você sempre corre o risco de ser aquele cara quando entra em um clube de strip pedindo algo assim.

Por mais estranho que seja, este regular era provavelmente uma pausa de seus outros clientes mais irritantes, já que seu fetiche não era sexual nem um pouco e permitia que ela descansasse os pés por um tempo. Parece uma situação em que todos ganham!

4. Ele não parava de falar sobre seu fetiche

'Um dentista entrou e sentou-se na área VIP. Eu era um dançarino relativamente novo, então não sabia que ele era um grande gastador notoriamente estranho e raramente visto.

Achei que ele estava no VIP, então eu deveria dizer ei ... Vá até lá e, para encurtar a história, ele começa a me entregar dinheiro e me alimentar com bife.

Ele foi a primeira pessoa que mencionou o Backpage para mim e prostituição. Eu literalmente não fiquei pelado, apenas sentei lá e comi um pouco de bife e escutei ... Eu ganhei muito dinheiro naquela noite, então acho que valeu a pena. É uma história engraçada para contar aos meus amigos, mas estou mais feliz atrás do bar! '

Parece que mesmo quando as roupas não saem, os homens ainda podem irritar uma dançarina e assustá-la.

Enquanto muitos homens estão procurando mulheres para derramar seus fetiches, já que é quase um fetiche em si. quando você estiver em um clube de strip, talvez guarde esse tipo de coisa para você. Essas conversas são mais bem guardadas para seus amigos próximos e, com sorte, que não julgam.

5. Ele Provou Seu Sangue

características dominantes da esposa

'Eu costumava ser bartend em um clube na faculdade. Uma das dançarinas, que era bastante nova, estava tentando um novo movimento no mastro, onde ela enganchou a perna em torno dele e esticou o corpo para que ficasse paralela ao chão. Bem, ela caiu de cara. Havia muito sangue. Enquanto o segurança e eu a ajudávamos a sair do palco, um dos clientes mergulhou o dedo nele e provou ... '

Talvez ele tenha pensado que era um daiquiri de morango derramado ou talvez ele é na verdade um vampiro , mas não existe uma explicação que torne aceitável a amostragem de sangue de um estranho. Além do fator desagradável, há algo sobre isso que não parece muito saudável.

Se esta noite não encorajou esta dançarina a desistir da profissão de uma vez por todas, então ela merece alguns adereços sérios.

Ser uma stripper definitivamente tem algumas histórias malucas, e eu não acho que alguém gostaria de ter que lidar com nenhuma delas!

Esse trabalho só prova que existem definitivamente alguns malucos no mundo, mas pelo menos eles contribuem para uma história divertida.